Diretoria, Conselho e Comitês

Conselho de Administração

Em linha com as melhores práticas de governança, o presidente do Conselho de Administração não exerce funções executivas. Definidas no Estatuto Social, as qualificações para integrar o Conselho de Administração incluem aspectos como: ter reputação ilibada, não ocupar cargos em concorrentes ou representar interesses conflitantes. Tanto os membros do Conselho como dos Comitês e da Diretoria-Executiva possuem uma ferramenta de avaliação formal do desempenho individual, incluindo avaliação 360º e abordagem de questões ligadas à sustentabilidade.

Pedro Pullen Parente (PRESIDENTE INDEPENDENTE)

Iniciou a carreira no serviço público no Banco do Brasil em 1971, foi transferido para o Banco Central em 1973, em ambos os casos por concurso público. Foi consultor do Fundo Monetário Internacional e de instituições públicas no País, incluindo Secretarias de Estado e a Assembleia Nacional Constituinte de 1988, tendo atuado em diversos cargos na área econômica do Governo. Foi Ministro de Estado (1999-2002), tendo sido o coordenador da equipe de transição do Governo do Presidente Fernando Henrique Cardoso para o Presidente Lula. Neste período, relevante também a atuação como Presidente da Câmara de Gestão da Crise de Energia de 2001/2002. No período de 2003 até 2009, foi Vice-Presidente Executivo (COO) do Grupo RBS e de janeiro de 2010 a abril de 2014 foi CEO da Bunge Brasil. Atualmente é conselheiro e Presidente da Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobrás e Sócio Licenciado do grupo de empresas Prada de consultoria e assessoria financeira. O Sr. Pedro Parente não sofreu, nos últimos cinco anos qualquer condenação (i) criminal, (ii) em processo administrativo da CVM ou (iii) transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que o tenha suspendido ou inabilitado para a prática de uma atividade profissional ou comercial qualquer.

Augusto Marques da Cruz Filho (VICE PRESIDENTE INDEPENDENTE)

O Sr. Augusto Marques é Doutor e Pós-graduado em Teoria Econômica pelo Instituto de Pesquisas Econômicas (IPE) da Universidade de São Paulo, graduado em Ciências Econômicas pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA-USP), tendo cursado Desenvolvimento no Exterior – Insead – Institut Européen d’Aministration des Affaires. Atuou no Grupo Pão de Açúcar durante 11 anos passando pelas funções de diretor executivo da companhia, diretor administrativo financeiro e, por dois anos e meio, diretor presidente, até deixar o cargo em 2005. Entre 2005 e 2010 foi membro do Conselho de Administração e Comitê de Auditoria da B2W. Desde abril de 2016 é Presidente do Conselho de Administração da BR Distribuidora. Também é conselheiro de Administração das empresas JSL S.A. e General Shopping. O Sr. Augusto Marques da Cruz Filho não sofreu, nos últimos cinco anos qualquer condenação (i) criminal, (ii) em processo administrativo da CVM ou (iii) transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que o tenha suspendido ou inabilitado para a prática de uma atividade profissional ou comercial qualquer.

Dan Ioschpe(MEMBRO INDEPENDENTE)

Sr. Dan Ioschpe é formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul com Pós-Graduação pela ESPM – SP e MBA pela Tuck School do Dartmouth College. Ingressou na Ioche-Maxion em 1986, onde exerceu vários cargos até junho de 1996, quando saiu para assumir a Presidência da AGCO no Brasil. Retornou à Companhia em janeiro de 1998, assumindo no mesmo ano a Presidência. Em abril de 2014 deixou a Presidência da Companhia assumindo a Presidência do seu Conselho de Administração. É membro do Conselho de Administração da WEG, Profarma e Cosan, Presidente do Conselho de Administração do Sindipeças e Presidente do Fórum das Empresas Transnacionais Brasileiras (FET). O Sr. Dan Ioschpe não sofreu, nos últimos cinco anos qualquer condenação (i) criminal, (ii) em processo administrativo da CVM ou (iii) transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que o tenha suspendido ou inabilitado para a prática de uma atividade profissional ou comercial qualquer.

Flavia Buarque de Almeida (MEMBRO INDEPENDENTE)

A Sra. Flavia Buarque de Almeida é Sócia da Península Capital Participações S.A. desde 2013. É Conselheira do Carrefour S.A. (França), da BRF S.A., e da W2W E-Commerce de Vinhos S.A. Foi Conselheira da Universidade de Harvard (Board of Overseers), de 2011 a 2017, Conselheira da GAEC S.A. – Anima Educação de 2014 a 2017, e Conselheira independente das Lojas Renner S.A. de 2011 a 2016. Entre 2009 e 2013, foi Sócia Sênior do Monitor Group (atualmente Monitor Deloitte). Antes disso, entre 2003 e 2009, Flavia foi Diretora Geral da Participações Morro Vermelho S.A., holding familiar que controla o Grupo Camargo Corrêa. Durante os anos de 1989 a 2003, Flavia trabalhou na McKinsey & Company, onde foi Sócia. Flavia é graduada em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas e possui MBA pela Harvard Business School.

Francisco Petros Oliveira Lima Papathanasiadis(MEMBRO INDEPENDENTE)

Francisco é economista e advogado especialista em direito societário, mercado de capitais e governança corporativa. É sócio-diretor do Fernandes, Figueiredo, Françoso e Petros – Sociedade de Advogados. Trabalhou por mais de 30 anos no mercado de capitais e financeiro brasileiro, nas áreas de análise de investimentos, corporate finance e administração de ativos, em diversas instituições, destacadamente no Unibanco, na Brasilpar e no Grupo Sul América. Foi vice-presidente e presidente da Associação Brasileira de Mercado de Capitais (ABAMEC – São Paulo) entre 1999 e 2001 e primeiro presidente do Conselho de Supervisão dos Analistas do Mercado de Capitas da APIMEC (2010/2014). Desde julho de 2015, é membro do Conselho de Administração da Petrobras (Suplente).

José Luiz Osório de Almeida Filho(MEMBRO INDEPENDENTE)

Sr. José Luiz Osório é graduado e mestre em Engenharia pela PUC-Rio e Mestre em Engenharia em Stanford University (EUA). É sócio fundador da Jardim Botânico Investimentos desde 2013. Foi Country Manager da lehmar Brothers Brasil (1997-1999), Diretor do BNDES/BNDESPar (1999), Presidente da CVM (2000-2002) e membro do Conselho de Administração das Lojas Renner (2005-2007). O Sr. José Luiz Osório não sofreu, nos últimos cinco anos qualquer condenação (i) criminal, (ii) em processo administrativo da CVM ou (iii) transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que o tenha suspendido ou inabilitado para a prática de uma atividade profissional ou comercial qualquer

Luiz Fernando Furlan(MEMBRO INDEPENDENTE)

Engenheiro Químico e Administrador de Empresas, com especialização em Administração Financeira. Foi Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior entre os anos de 2003 e 2007. Na Sadia, foi Presidente do Conselho de Administração de 1993 a 2002, tendo anteriormente sido Diretor de Relações com Investidores, Diretor Vice-Presidente e Vice-Presidente do Conselho de Administração. Em 2008, retornou ao cargo de Presidente do Conselho de Administração da Sadia até 2009, quando foi eleito Copresidente do Conselho de Administração da BRF S.A., de 2009 a 2011. Atualmente, é membro do Conselho de Administração da Telefônica S.A. (Espanha), Telefonica-Vivo S/A (Brasil), AGCO (US), Amil (Brasil) e do Global Advisory Board da Panasonic (Japão) e International Advisory Board do Walmart (US).

Roberto Antônio Mendes(MEMBRO INDEPENDENTE)

Sr. Roberto Antônio Mendes formou-se em Administração de Empresas e Ciências Contábeis pela UFMG, com curso de STC (Skills, Tools and Competencies) Executivo da FDC e Kellogg School of Management em Chicago, curso de Estratégia e Inovação nos Negócios na Wharton University of Pennsylvannia e Programa de Desenvolvmento de Conselheiros da Fundação Dom Cabral. Começou sua carreira como auditor externo na Price, depois KPMG (de 1971 a 1979) e foi Controller da Valep (hoje Fosfertil) que na época era do grupo da Vale (de 1976 a 1979) e na Mendes Júnior (de 1979 a 1985). Trabalha na Localiza Rent a Car S.A desde 1985, onde atualmente é Diretor de Finanças e de Relações com Investidores. O Sr. Roberto Antônio Mendes não sofreu, nos últimos cinco anos qualquer condenação (i) criminal, (ii) em processo administrativo da CVM ou (iii) transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que o tenha suspendido ou inabilitado para a prática de uma atividade profissional ou comercial qualquer.

Roberto Rodrigues (MEMBRO INDEPENDENTE)

O Sr. Roberto Rodrigues é Engenheiro Agrônomo formado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz – ESALQ-USP em 1965. É Doutor Honoris Causa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, obtendo tal título em 1998, com cursos de aperfeiçoamento em Administração Rural. Foi membro do Conselho de Administração da Minerva S.A. e professor na UNESP desde 1967, e é membro do Conselho Consultivo da Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo – OCESP desde 1990 (associação sem fins lucrativos que é o órgão institucional do sistema cooperativista de São Paulo). Nos últimos cinco anos, foi também Presidente do Conselho de Agronegócio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – COSAG FIESP, cargo que exerceu entre 2006 e 2012. Atualmente é conselheiro do COSAG FIESP. Por fim, atua desde 2006 como Coordenador do Centro de Agronegócio da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas – FGV. Além dos cargos de administração mencionados acima, o Sr. Roberto Rodrigues é sócio – administrador da Agroerg Investimentos e Serviços Ltda. O Sr. Roberto Rodrigues não sofreu, nos últimos cinco anos qualquer condenação (i) criminal, (ii) em processo administrativo da CVM ou (iii) transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que o tenha suspendido ou inabilitado para a prática de uma atividade profissional ou comercial qualquer.

Walter Malieni Jr.(MEMBRO)

Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Mackenzie, possui MBA em Mercado de Capitais e Finanças pelo Ibmec, pós-graduação em Formação Geral para Executivos pela USP e mestrado em Administração de Empresas pela Universidade Mackenzie. Em 2014, participou de sessão executiva para o Banco do Brasil no Programa de Transformação Digital nos Negócios pela Massachusetts Institute of Technology (MIT). O Sr. Walter é funcionário de carreira do Banco do Brasil, desde 1984, quando ingressou na empresa no programa Menor Aprendiz. Foi superintendente estadual no Rio de Janeiro, entre janeiro e dezembro de 2000, gerente comercial e diretor comercial estatutário da Companhia de Seguros Aliança do Brasil entre janeiro de 2001 e outubro de 2006 e superintendente comercial, diretor de Crédito e diretor de Distribuição em São Paulo do Banco do Brasil entre novembro de 2006 e dezembro de 2012. Desde janeiro de 2013, ocupa o cargo de vice-presidente de Controles Internos e Gestão de Riscos do Banco do Brasil e, desde maio de 2016, é membro do Conselho Deliberativo da PREVI.

Definição do Novo Mercado de “Conselheiro Independente”: (i) não ter qualquer vínculo com a Companhia, exceto participação de capital;(ii) não ser Acionista Controlador, cônjuge ou parente até segundo grau daquele, ou não ser ou não ter sido, nos últimos 3 anos, vinculado a sociedade ou entidade relacionada ao Acionista Controlador (pessoas vinculadas a instituições públicas de ensino e/ou pesquisa estão excluídas desta restrição); (iii) não ter sido, nos últimos 3 anos, empregado ou diretor da Companhia, do Acionista Controlador ou de sociedade controlada pela Companhia; (iv) não ser fornecedor ou comprador, direto ou indireto, de serviços e/ou produtos da Companhia, em magnitude que implique perda de independência; (v) não ser funcionário ou administrador de sociedade ou entidade que esteja oferecendo ou demandando serviços e/ou produtos à Companhia; (vi) não ser cônjuge ou parente até segundo grau de algum administrador da Companhia; (vii) não receber outra remuneração da Companhia além da de conselheiro (proventos em dinheiro oriundos de participação no capital estão excluídos desta restrição).

Comitês

Além do Comitê de Auditoria, estabelecido estatutariamente, o Conselho de Administração aprovou a constituição de comitês de assessoramento, compostos tanto por membros do Conselho de Administração como membros externos, para tratar dos temas relacionados a: Estratégia, M&A e Mercados; Finanças, Governança e Sustentabilidade; Pessoas, Organização e Cultura E Marketing.

Comitê de Estratégia, M&A e Mercados

Responsável por contribuir, aconselhando o Conselho de Administração, na proposição e discussão do planejamento, monitoramento e direcionamento da estratégia corporativa da BRF, envolvendo investimentos nacionais e internacionais (Fusões/Aquisições, Desinvestimentos, Expansões/Novas Capacidades, Novos Negócios), mercados de atuação, marcas e produtos, novos e existentes.

Comitê de Pessoas, Organização e Cultura

Assessorar o Conselho de Administração na aprovação de processos relacionados ao desenvolvimento de pessoas e da organização. Assessorar o Conselho de Administração na definição das políticas de remuneração e compensação de executivos e colaboradores. Suportar a área executiva nos processos de avaliação, seleção e desenvolvimento das principais lideranças. Aconselhar o Conselho de Administração na formulação e pratica da cultura BRF, monitorando e encorajando o adequado comportamento das lideranças. Propor ações que alinhem as expectativas de acionistas e executivos.

Comitê de Finanças, Governança

Assessorar o Conselho de Administração visando assegurar o cumprimento dos mecanismos e controles relacionados à gestão de riscos financeiros, aplicações das políticas financeiras, os processos tributários, diretrizes estratégicas de captação alinhadas ao perfil de risco do negócio, considerando a adequada estrutura de capital da Companhia. O Comitê também será responsável pelo acompanhamento dos resultados da companhia e da gestão orçamentária da empresa. Ainda, responsável por monitorar, aprimorar e recomendar ao Conselho de Administração, princípios, diretrizes e melhores práticas de governança corporativa e sustentabilidade, tendo como principais atividades: Contribuir para a adoção e contínuo aprimoramento das práticas de governança e para o adequado funcionamento dos órgãos de governança da Companhia; Zelar pela melhoria no sistema de gestão para evitar a ocorrência de conflitos de interesse, propondo, quando necessário, a atualização dos instrumentos institucionais (estatuto, regimentos e políticas); Monitorar e acompanhar a política de sustentabilidade e sua implementação; Contribuir para a efetivação das políticas de responsabilidade institucional e socioambiental, colaborando com a emissão dos relatórios sobre esses temas. O Comitê também será responsável pelo acompanhamento dos riscos não financeiros ou contábeis, incluindo riscos operacionais e outros.

Comitê de Auditoria Estatutário

O Comitê de auditoria tem poderes para atuar com independência, podendo, a seu critério, encaminhar as reclamações/denúncias para a auditoria interna apurar ou contratar uma empresa independente, e, se necessário, mobilizar o Conselho de administração.

Membros: Francisco Petros (coordenador), Walter Malieni, Fernando Dallacqua (membro externo), Sérgio Rosa (membro externo)

Conselho Fiscal

Constituído por três membros, sendo um deles especialista financeiro. Reúne-se mensalmente e, quando necessário, participa de reuniões com o Conselho de Administração.

André Vicentini (MEMBRO INDEPENDENTE)

Graduado em Engenharia Mecânica de Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – USP (2003). Especializações em ALM (Asset Liability Management) e em Gestão de Riscos pelo Instituto Educacional da BM&FBOVESPA (2010 e 2012). De janeiro de 2009 a março de 2016, atuou como Superintendente Corporativo de Tesouraria e Serviços Financeiros da BM&FBOVESPA S.A., sendo responsável pela gestão financeira das empresas do Grupo, tanto locais como no exterior, nas áreas de tesouraria, planejamento financeiro, contas a pagar, contas a receber, crédito e cobrança, respondendo ao Diretor Financeiro e tendo sob gestão direta dois gerentes e um time total de 20 pessoas. Foi também responsável pela gestão financeira do fundo de previdência, atuando como Diretor de Investimentos do Mercaprev (AETQ). De setembro de 2006 a dezembro de 2008, atuou como Gerente de Gestão Financeira da Telefônica S.A., responsável pelas operações financeiras do grupo nos mercados locais e internacionais, pelo cash management e estruturas de proteção dos riscos de mercado, gerenciando uma equipe de Tesouraria e Operações Estruturadas composta por 6 pessoas e com reporte ao Diretor Financeiro. De setembro de 2003 a setembro de 2006, atuou como Analista Financeiro Pleno da Perdigão Agroindustrial, sendo membro da Tesouraria responsável pelo gerenciamento de fluxo de caixa, análise de viabilidade e precificação de operações estruturadas, derivativos e operações de comércio exterior. De janeiro de 2001 a setembro de 2003, foi estagiário do Banco Votorantim, atuando na mesa de estruturação e recificação de produtos. Sr. André não sofreu, nos últimos cinco anos qualquer condenação (i) criminal, (ii) em processo administrativo da CVM ou (iii) transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que o tenha suspendido ou inabilitado para a prática de uma atividade profissional ou comercial qualquer.

Attilio Guaspari (MEMBRO INDEPENDENTE)

Engenheiro e mestre em Ciências da Administração, foi Chefe da Área Financeira e Superintendente de Auditoria do BNDES e Diretor Financeiro-Administrativo da Embrafilme. Participou de diversos Conselhos de Administração, desde 1986, como os da Brasil Ferrovias S.A., FAPES, Indústrias Verolme-Ishibrás e Projeto Jarí. Atualmente é membro do Conselho Fiscal da BRF S.A. e do Comitê de Auditoria do BNDES.

Marcus Vinicius Severini (MEMBRO)

Graduado em Ciências Contábeis e em Engenharia Elétrica, com Pós-Graduação em Engenharia Econômica. Severini é Diretor do Departamento de Controladoria da Vale, onde ingressou em outubro de 1994. De dezembro de 1981 até 1994, ocupou diversos postos na Arthur Andersen S/C tendo se desligado quando ocupava o cargo de Gerente de Auditoria e Consultor Contábil. Ocupou também posto como membro efetivo ou suplente no Conselho Fiscal de várias empresas e é presidente do Conselho Deliberativo da Fundação Vale de Seguridade Social – VALIA.

Diretoria Executiva

Responsável pela gestão dos negócios em total acordo com as diretrizes estratégicas definidas pelos executivos e aprovadas pelo Conselho de administração.

Lorival Nogueira Luz Júnior (DIRETOR PRESIDENTE GLOBAL E DIRETOR VICE-PRESIDENTE FINANCEIRO E DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES)

Graduado em Administração de Empresas pela Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP, São Paulo (1993), com vários cursos de especialização no Brasil e no exterior. Com mais de 26 anos de experiência profissional, passou pelo Citibank, onde trabalhou por 17 anos, ocupando diferentes posições no Corporate and Investment Bank, Tesouraria, Retail Bank e Financial Control. Foi também Diretor Executivo de Tesouraria na Credicard e ocupou a mesma posição no Banco Citicard até 2008. De 2008 a 2009, foi CFO – Diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Estácio Participações. Entre 2010 e 2011 foi Diretor Executivo de Tesouraria e Relações com Investidores da Votorantim Industrial e em março de 2011 foi eleito CFO – Diretor Vice-Presidente Financeiro e de Relações com Investidores da CPFL Energia S.A. e subsidiárias do grupo CPFL Energia. A partir de 2013 desempenhou o cargo de CFO – Diretor Vice-Presidente Financeiro e de Relações com Investidores da Votorantim Cimentos S.A.. Em Setembro de 2017 foi eleito CFO – Diretor Vice-Presidente Financeiro e de Relações com Investidores da BRF S.A.

Alexandre Moreira Martins de Almeida (DIRETOR VICE-PRESIDENTE BRASIL)

Executivo com 30 anos de experiência profissional, tendo atuando nos últimos 25 anos em diversas posições de liderança (CEO, CFO, COO) em companhias líderes nos seus respectivos segmentos de negócios na América do Sul. Graduado em Engenharia Metalúrgica (1986) e Mestre em Ciência da Computação (1990) pela Universidade Federal de Minas Gerais. Além disso, é pós-graduado em Administração Financeira (1991) pela Fundação João Pinheiro e cursou diversos programas de Desenvolvimento em Gestão de Negócios na Kellog School of Business – Northwestern University, no Insead e na Fundação Dom Cabral.

Andelaney Carvalho dos Santos (DIRETOR VICE-PRESIDENTE DE GESTÃO & INFORMAÇÃO)

Executivo com experiência nas áreas de tecnologia da informação, logística e supply chain, com atuação prévia em empresas do setor de comércio varejista e de alimentos. Graduado em Ciências da Computação, pela Faculdade de Informática Lemos de Castro e pós-graduado (MBA) em Gestão Executiva de Negócios pela Escola de Administração e Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (EAESP/FGV). Além disso, conta com cursos de especialização na Stanford University, no Massachusetts Institute of Technology e no Insper.

REMUNERAÇÃO

Em 2016, a remuneração total paga por nós a todos os membros da Diretoria, Conselho de Administração, Conselho Fiscal e Comitê de Auditoria Estatutário foi de R$26,9 milhões. Além disso, em 2016, não houve pagamento a diretores segundo o nosso plano de participação nos resultados. A remuneração total paga aos membros do Conselho de Administração, Conselho Fiscal, Comitê de Auditoria Estatutário e Diretoria em 2016 (inclusive salários, participação nos lucros, descrito abaixo, e benefícios) foi de R$28,2 milhões.

A remuneração variável relativa à participação nos lucros e resultados paga a cada diretor executivo em qualquer exercício relaciona-se, principalmente, ao nosso EBITDA, mas também se baseia na avaliação do desempenho do diretor durante o exercício por parte do Conselho de Administração. A metodologia adotada relaciona a participação nos lucros e resultados com um múltiplo do salário mensal do diretor, considerando a meta mínima de EBITDA do exercício, padrões de qualidade de nossos principais produtos e o orçamento da área. Acreditamos que essa metodologia estabelece um teto razoável para a remuneração paga aos diretores de acordo com nosso programa de participação nos lucros e resultados.